Ex-RBD Maite canta bachata com Thiaguinho; ritmo latino ganhou EUA

0

maite-perroni-brasil-rbd-rebelde-2013-004

Maite Perroni se rebelou contra o pop uniforme. Quatro anos após o fim do grupo mexicano RBD, surgido na novela “Rebelde“, Maite estreia no disco solo “Eclipese de luna“. Ela evita a overdose de house e electro que faz o pop adolescente parecer um mesmo remix infinito. No Brasil para divulgar o disco, ela resume ao G1: “Queria fazer um disco latino“. No lugar do eurodance, ela foi atrás de balanços mais orgânicos, especialmente um ritmo da República Dominicana que cria novos ídolos americanos de origem latina: a bachata.

Foi uma bachata, ritmo derivado do bolero, com melodias românticas e percussões acentuadas, que a mexicana escolheu para cantar em dueto com Thiaguinho. “Inexplicable” será apresentada pelos dois no show do cantor em São Paulo, no Credicard Hall, nesta sexta-feira (22), segundo informação de Maite Perroni ao G1. Ouça “Inexplicable“:

Ao colocar os bongôs típicos da bachata em destaque na gravação de “Inexplicable“, Maite Perroni e Thiaguinho buscam bailar na onda de sucesso do ritmo dominicano nos últimos anos. Já popular desde os anos 60, o ritmo com cada vez mais fãs transformou Romeo Santos e Prince Royce em astros ouvidos por milhões.

Lançada em setembro de 2013, a bachata “Proposta indecente“, de Romeo, já teve 77 milhões de views no YouTube. São 12 milhões de cliques a mais que “Show das poderosas” de Anitta. Na época em que batidas eletrônicas são quase obrigatórias no pop, vai na contramão o sucesso de singles do ritmo bem mais suave, que não costuma usar nem bateria, apenas percussão.

Os anos passam… Quando eu estava no RBD, grupo adolescente, fazia a música que o público gostava. Agora, em outro momento da minha carreira, faço um disco com a música que agrada a mim, a Maite“, ela diz em primeira e terceira pessoa. “Não pensei em nada mais do que interpretar coisas que gosto“, garante a cantora de 30 anos.

Ela também cita como ingrediente musical importante do álbum o vallerato colombiano, que transformou Carlos Vives em estrela entre os latinos nos EUA.

Não que o disco de Maite não tenha apelo pop mais convencional – vide o single “Tu y yo“, que mostra a artista, eleita uma das 50 pessoas latinas mais bonitas pela edição da revista “People” em espanhol, dançando sensualmente pelas ruas de Nova York. Assista:

A música latina sempre vai ser parte da nossa cultura. Sempre nos convida a cantar e aproveitar a vida. Há propostas distintas, mais avançadas, modernas. Mas os ritmos latinos são algo que se sente e imediatamente convida o corpo a dançar. Não importa o quanto a música se modernize, a música latina sempre estará lá“, empolga-se Maite.

Outra coisa que “sempre vai estar lá”, para a mexicana, é a pergunta sobre uma possível reunião do grupo RBD. Nesta questão, ela parece menos animada. “No momento, não há possibilidade. Estamos muito ocupados gravando. No futuro não sei, poderia pensar, mas agora não.

Serviço: Thiaguinho em São Paulo
(Maite Perroni anunciou participação no show, no dueto de ‘Inexplicable’)
Data: Sexta-feira (22), 23h
Local: Credicard Hall – Avenida das Nações Unidas, 17.955 – Vila Almeida
Preços: R$ 70 a R$ 200
Ingressos: Tickets for fun

:: Créditos: G1.com

Compartilhar